Buscar

Chegada da primavera pode aumentar incidência de rinite alérgica

Iniciar o tratamento com antecedência ajuda a reduzir crises durante a primavera


A chegada da Primavera e do período de polinização das plantas causa o aumento natural dos casos de rinite para pessoas de diferentes idades. Para aliviar as crises, uma parcela grande da população acaba utilizando, quase diariamente, antialérgicos e sprays nasais descongestionantes. Segundo a otorrinolaringologist, Dra. Karin Seidel, é preciso ter cuidado e ficar atento com esses medicamentos.

“Um efeito colateral bem conhecido de alguns antialérgicos é a sedação, que causa sonolência no paciente”, explica. Os descongestionantes nasais também devem ser usados com cautela, pois podem gerar arritmias cardíacas e piora da glicemia em pacientes diabéticos. Isso torna ainda mais necessário a manipulação de medicamentos para uma maior eficácia dos tratamentos, uma especialidade da Magistral, com mais de 40 anos no mercado paranaense.

De acordo com a otorrinolaringologista, sem o tratamento adequado, a rinite pode evoluir para quadros mais graves. “Pode levar a um quadro de mucosa nasal congesta, que se torna um ambiente ideal para que bactérias e vírus se instalem e gerem um quadro de sinusite ou bronquite no paciente”, aponta. “O ideal é consultar seu médico para fazer um bom plano de tratamento de acordo com as necessidades específicas de cada paciente”, conclui Dra. Karin.


Dicas Preventivas

  • Mantenha os ambientes sempre limpos e arejados;

  • Aumente a frequência de troca e lavagem das roupas de cama;

  • Evite tapetes, cortinas e bichos de pelúcia que possam acumular pó ou pólen;

  • Faça a lavagem nasal com soro fisiológico, isso ajuda a deixar o nariz saudável e a retirar os agentes que causam alergia.

0 visualização
  • whatsapp_edited
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

Rua Professora Rosa Saporski, 200 - Mercês | Curitiba - Paraná